Google+ Seguidores

quinta-feira, julho 4

Facebook: uma faca de dois gumes

Tem gente usando sem saber das consequências.
A internet veio para facilitar nossas vidas. Por ela, podemos conhecer pessoas, formar novas amizades, nos comunicar com amigos muito distantes, ter informações antes inacessíveis, ler o jornal sem sair de casa, ver tv etc etc etc.
Em se tratando das empresas, essa ferramenta facilita a comunicação e interatividade com os clientes, aumenta as vendas e tem se transformado num canal de críticas ou sugestões.
Mas, é preciso ter consciência dos benefícios e prejuízos que podem resultar com a internet. Quem acessa o Facebook rotineiramente sabe que muitas pessoas perderam a privacidade e as empresas se tornaram mais transparentes e visíveis. Se, por um lado, há vantagens, por outro representam enormes desvantagens e podem prejudicar de vez a marca ou o nome de alguém, em razão do despreparo e falta de bom senso de alguns.
Na política, tem se mostrado uma faca de dois gumes. Ao mesmo tempo que serve de canal de comunicação entre eleitores e eleitos, tem se configurado num eficiente meio de divulgação das barbáries cometidas pelos políticos, além de um poderoso veículo de mobilização popular. Não foi a tv, jornais e rádios que convocaram os brasileiros para saírem às ruas. Foram as redes sociais. Só é preciso de um bom motivo e uma página no Facebook para mobilizarmos milhares de pessoas.
Mas, o que quero comentar aqui é sobre o fato de que muitos políticos que se apresentam como modernos e antenados, na realidade tem se mostrado profundos desconhecedores da língua portuguesa. É fato que o português é uma língua rica nos seus vocabulários e para cada argumento ou expressão tem uma palavra específica, o que a torna complexa para a maioria dos brasileiros. Não me refiro a erros de digitação e sim desconhecimento puro do português.
Refiro-me aqui aos exageros cometidos por eles quando tentam publicar alguns feitos ou responder a questionamentos ou críticas, produzindo textos absurdos e até hilários, que se tornam rapidamente alvos de chacota nas redes sociais. Certamente, o fato poderá refletir no resultado das próximas eleições.

PS.: “Não sou expert no assunto e também cometo erros”. Mas é preciso ter muito cuidado com o que postamos nas redes sociais. Pense nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário