Google+ Seguidores

quinta-feira, janeiro 31

Liderança não se aprende em cursinhos


Na década de 1980, surgiu a moda da palestra de motivação. As empresas gastaram fortunas nisso. Certo dia ensolarado, a verdade se revelou. Palestra de motivação traz tanto resultado para empresas quanto limonada para a cura do tétano. Mas do que adiantava se arrepender? As grandes companhias apagaram a prática de seus planejamentos, e hipocritamente fizeram de conta jamais terem pensado assim. Mas as médias e pequenas seguiram o caminho aberto.
Hoje, as antigas palestras de motivação deram lugar aos cursos relâmpagos de liderança.
Vira e mexe vêem-se uns e outros anunciando a mágica de formar líderes a troco de um bom dinheiro. Os apelos são tentadores. É como “dar milho para bode” já que qualquer funcionário mantém a ilusão de tornar-se líder aos moldes do que veem nas produções de Hollywood e nas revistas de negócios.
Se você conhece alguém que tenha se tornado líder apenas por participar de cursos, consiga um pouco de seu sangue, pois ele contém o DNA de um indivíduo realmente especial.
Há “cursos” e “cursos” de liderança. Várias instituições respeitáveis promovem programas ministrados por professores experientes que orientam sobre dificuldades profissionais da carreira e estratégias de superação. Isto é a base do desenvolvimento de líderes.
Liderança é dia a dia. É aprendizado contínuo, sem começo, nem fim. Um líder autêntico está em formação e desenvolvimento até sua morte.
O melhor curso de liderança está aí onde você trabalha, onde você vive, nos seus relacionamentos, nos livros que você comprou e nunca leu… ou nos que você nunca adquiriu e devia.
Liderança se aprende e se vive a cada atitude ou gesto, na consideração que se tem pelo chefe ou subordinado – não há diferença. Liderança se abstrai do tratamento ao cliente – seja ele quem for.
Liderança vem de se lutar pela realização do propósito da vida, da filosofia, da religião, dos princípios e valores, mas acima de tudo, de se ter olhos e ouvidos sensíveis. Ela está nas situações mínimas e máximas, e no modo de se lidar com elas. Está nas decisões que se tomam, e nos destinos que se julgam correto adotar.
Palestrante nenhum, venha de onde vier, tem o poder de fazer de você um líder. Só você mesmo.
O ponto auge desta questão é fabulosamente simples. Nem todos poderão ser líderes sobre outros. Muitos jamais conseguirão isto. No entanto, resta uma grande esperança: a de liderar sobre si próprio. E, de fato, esta é a mais profunda e maravilhosa essência do que significa ser líder.

Abraham Shapiro é consultor e coach de líderes. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é simplicidade. É autor do livro “Torta de Chocolate não Mata a Fome – Inspirações para a Vida, o Trabalho e os Relacionamentos”, Editora nVersos, 2012. Contatos: shapiro@shapiro.com.br ou (43) 8814 1473





O líder Super-Herói
O ser humano tem uma capacidade sem fim de criar seus mitos e idealizações para depois ficar sofrendo por nunca atingir tal perfeição. É isso que acontece com a imagem do líder. Encontrar um líder com todas as características mais desejadas, entre elas: inspirador, carismático, transforma problemas em oportunidades, obtém o melhor dos seus colaboradores, visionário, prospera nas crises, supera expectativas, ufa… super-homem!

Super-heróis não existem, é pura ficção. É preciso lembrar que: o mundo, corporativo não vive só de líderes, que competências de liderança não vêm junto com a promoção, que promover pessoas com perfil e interesses voltados para processos e não para pessoas, levam muito tempo para serem formadas e nem sempre os resultados são satisfatórios.

Não há um perfil de líder que seja o ideal ou o melhor e muitas vezes é a falta dessa objetividade e tangibilidade que angustia as pessoas. Em alguns casos, obter os resultados desejados implica em tomar atitudes antipáticas e duras que certamente não angariarão seguidores, mas antipatias e outros sentimentos pouco agradáveis.

Conhecer a trajetória de executivos de sucesso é importante, mas nem sempre os bens sucedidos são bons líderes e há bons líderes que não são midiáticos. Os mitos geram mais frustração do que motivação. A criação e proliferação de tais ideias podem ser fruto de uma sociedade sonhadora e carente.

Adriana Gomes - Blog HSM



terça-feira, janeiro 15

Gelo amigo avisa quando você exagera no álcool

A criatividade humana é ilimitavel.

Dhaira Dand, pesquisador do MIT Media Lab, teve uma experiência que muitos já conhecem muito bem. Depois de uma noite de muito álcool e um belo porre, ele acordou no hospital.

Arrependido, para evitar que isso acontecesse novamente, Dand produziu cubos de gelo inteligentes que avisam quando você já bebeu demais, que também brilham de acordo com o ritmo da música ambiente.

Na prática, os eletrônicos instalados dentro dos cubos de gelo mostram o quanto e o quão rápido a pessoa já bebeu, mudando a cor semelhante a um semáforo. De verde para laranja e, quando estiver além do limite, para vermelho. E o mais incrível é que ao ascender o sinal vermelho,  os cubos enviam uma mensagem de texto a um amigo próximo da pessoa, através do smartphone. Uau !!!

Isso é possível devido aos materiais de que é feito o dispositivo em questão: bateria de célula de moeda, microcontrolador e transmissor infravermelho. Os três são moldados dentro de cubos feitos de material gelatinoso. O microntrolador conta o número de goles por bebida e, quando a bebedeira passa dos limites estabelecidos por Dand, o transmissor envia um sinal para o seu celular, ativando a mensagem de alerta com destino ao seu amigo.


Parece simples não ? Por que eu não pensei nisso?

O VÍDEO está em inglês mas é fácil entender o funcionamento.

.

terça-feira, janeiro 8

Prostitutas de BH se preparam para a Copa

Com informações da Folha de São Paulo, a Associação de Prostitutas de Belo Horizonte está oferecendo cursos de idiomas para suas associadas recepcionarem turistas estrangeiros na Copa do Mundo de 2014.

As primeiras turmas serão de inglês, mas a APBH planeja ainda aulas de francês e italiano

Segundo a presidente da instituição, a ideia é ensinar o vocabulário básico como alimentos e o "vocabulário técnico", "condom" (preservativo).

As aulas serão gratuitas e já conta com a inscrição de 20 garotas.


A expectativa é que cerca de 300 das 4.000 associadas se matriculem até o final deste ano.

O curso pode durar seis ou oito meses e as primeiras turmas terão início até março. As aulas ocorrerão em uma sala cedida pela Associação dos Amigos da Rua Guaicurus (zona de prostituição de Belo Horizonte).

Isso que é organização.
 

A rede social mais valiosa do mundo


No Canadá, a instituição The Missing Children's Society lançou uma campanha para ajudar a localizar crianças desaparecidas, por meio de alertas divulgados no Facebook e Twitter, em perfis que toparem colaborar espontaneamente.

O funcionamento é simples. Quando uma criança é desaparecida, usuários de redes sociais que se inscreveram nessa rede, automaticamente receberão um alerta sobre a criança, com informações, descrição, fotos e localização.

De acordo com um dos idealizadores desse serviço, as redes sociais são muito mais ágeis e tem obtido um resultado muito melhor e mais rápido. Nos 10 casos em que essa ferramenta foi utiliza, 6 crianças foram recuperadas.


No Brasil, já existe há algum tempo o SOS Crianças Desaparecidas que fazem a divulgação pela. Porém, não oferece a ferramenta que integra outros perfis que aceitam compartilhar os alertas.

A velocidade com que a informação se propaga na web hoje pode ajudar muita gente.

O baiano e a preguiça

Balançar na rede, apesar de prazeroso, dá muito trabalho. Pelo menos é o que o baiano acha.
Por essa razão, e também pela manutenção da tradicional fama de preguiçoso, ele desenvolveu um aparelho elétrico para manter o balanço da rede, sem esforço algum. Você só precisa dar o primeiro impulso. Putz!! Ainda tenho que dar o primeiro impulso???
Assista ao vídeo.
Viva a tecnologia!