Google+ Seguidores

quinta-feira, junho 21

Para uns é preconceito. Para outros é oportunidade de negócios.

Há tempos venho comentando em sala de aula sobre o vertiginoso crescimento do segmento gay e da necessidade das empresas criarem produtos e serviços voltados a esse público.
Algumas empresas já descobriram a força desse milionário segmento, composto por um consumidor que, além de bom gosto e fiel às suas marcas, gasta 30% a mais que o heterossexual. O que antes era tabu passou a ser encarado como uma grande oportunidade de negócio.
Multinacionais estão treinando seus executivos e funcionários ou criando gerências exclusivas para melhor lidarem com esse público. Já é possível adquirir um seguro de vida para casais gays.
O que para uns é preconceito, para outros é oportunidade.
A Nike lançou recentemente uma edição especial com três tênis para homenagear a comunidade LGBT de Nova York, Portland e San Francisco. Cada kit inclui tênis, camiseta e boné. A ideia dos lançamentos é celebrar as conquistas das comunidades dessas três cidades norte-americanas, líderes na luta por direitos para os gays nos Estados Unidos.
Segundo dados de uma reportagem da IstoÉ, no Brasil:
- 10% da população são gays.
- 40% estão em SP, 14% no RJ, 8% em MG e 8% no RS.
- 36% são da classe A, 47% são da B e 16%, da C.
- 57% têm nível superior, 40% médio e 3% ensino fundamental.
Percebeu o quanto é poderoso esse segmento? E não é o único que está crescendo. Aconselho às empresas observarem mais atentamente o público da "melhor idade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário