Google+ Seguidores

quinta-feira, julho 15

Anúncios premiados dão mais resultado?

O IPA – Institute of Practitioners in Advertising apresentou um estudo alegando que anúncios premiados são 11 vezes mais eficientes do que os não premiados. Baseia a afirmação no crescimento de mercado, vendas, lucros, retorno do investimento e apelo emocional.
Segundo Bert Moore, diretor de estratégia da Lowe Worldwide, "criatividade e eficiência sao inseparáveis. Fonte: www.bluebus.com.br.
De fato, criatividade sem eficiência não é criatividade. Serve para que?
De nada adianta uma campanha inédita, repleta de criatividade, se o produto ou serviço oferecido não atender as necessidades do consumidor. No início pode até impulsionar a compra, mas, num breve futuro, poderá ser um "tiro pela culatra" para a reputação da marca.
Um exemplo recente que vem gerando discussão na web é a campanha de um banco que utiliza a música Imagine, de John Lennon. A produção é lindíssima, mas destoa da letra da canção que prega um mundo melhor e sem ganâncias. Segundo o Procon, dentre as 10 empresas mais reclamadas do Brasil, esse banco está 2º lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário