Google+ Seguidores

sexta-feira, agosto 7

Um sonho impossível

Cezar Britto, presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, defendeu hoje a renúncia coletiva de todos os integrantes do Senado Federal como forma de pôr fim a um “estado de calamidade institucional” que se instalou naquela órgão. Ele disse que a crise “não se resume ao presidente da Casa, embora o ponha em destaque; é de toda a instituição e envolve acusados e acusadores". Seria um importante passo que mostraria que o Brasil ainda tem jeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário