Google+ Seguidores

terça-feira, agosto 4

Mais instruído, menos inteligente

Pesquisa do Ministério da saúde constatou que, com o recuo da fiscalização da lei seca, quanto mais alta a escolaridade dos entrevistados, maior é o consumo do álcool. Outro dado constatado é que as mulheres estão bebendo até mais que os homens e o que preocupa é que elas têm menor volume corporal de água e de enzimas que metabolizam o álcool, o que torna o efeito do álcool mais grave. Beba com moderação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário