Google+ Seguidores

quinta-feira, janeiro 20

Aluno enfermo substituído por robô

Stepan Sopin, de 12 anos, estudante de uma escola na Rússia, está se recuperando da leucemia e não pode frequentar a sala de aula. Para que ele não perca o ano, um robô de plástico o está substituindo. Acreditem!
Por meio de uma tela instalada no robô, Stepan consegue assistir às aulas de sua casa. O robô transmite tudo em tempo real, e ele recebe as imagens em seu computador, por onde controla os movimentos do robô. Por uma tela alojada no androide, Stepan interage com a professora e os colegas. Fonte G1 São Paulo.
Galera do Viagra, se o medicamento estiver fazendo mal ao estômago, não adianta pensar no robô. Ele ainda não está programado para essa finalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário