Google+ Seguidores

terça-feira, outubro 20

Oba, domingão sem Faustão e Gugu

E viva a Internet. depois dos jornais, da indústria fonográfica e do cinema, a TV será a próxima vítima da internet e verá seu modelo de negócios totalmente modificado. Segundo um estudo divulgado em Paris, pela consultoria Idate, em três anos, 40% dos lares de países europeus poderão conectar a TV diretamente à internet, reduzindo a dependência do telespectador da programação das TVs aberta e fechada. Empresas de alta tecnologia, como a Amazon ou a Apple, poderão fornecer programação ao consumidor, sem depender das emissoras de TV clássicas, cuja programação é presa a horários fixados pelo canal. Fico animado só de imaginar que a população poderá se livrar das babaquices de Faustão, Gugu, entre outros, e optar por uma programação que favoreça a cultura.
Fonte: Estadão - correspondente Andrei Netto - Paris.

Nenhum comentário:

Postar um comentário