Google+ Seguidores

quinta-feira, outubro 29

O marketeiro de Obama

Bem Self, responsável pela campanha digital de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos, conseguiu se comunicar pela internet com 68 milhões de eleitores e angariar doações de 500 milhões de dólares, além de uma audiência de 1 bilhão de minutos nos vídeos postados no Youtube. Cogita-se que ele trabalhará na campanha de Dilma Rousseff à presidência da República. O estranho de tudo isso é que, quando especialistas em internet se referem ao e-mail como uma ferramenta antiquada, Self aposta na sua força mais do que em redes sociais. E agora senhores? Como explicar artigos intitulados "A morte do e-mail", baseados na esquisa do Pew Internet & American Life Project, dos Estados Unidos, que aponta que o e-mail vem perdendo espaço para os mensageiros instantâneos e o SMS como forma de se conectar com os amigos? Tomara que Self utilize o e-mail e perceba bem tarde que sua estratégia estava errada. Só assim o Brasil poderá ficar livre de Dilma no poder. Que assim seja!

Nenhum comentário:

Postar um comentário